franquia-boulangerie-carioca-achei-minha-franquia

Franquia Boulangerie Carioca revela projeções e estratégias para 2024

A franquia Boulangerie Carioca, com planos de faturar R$ 15 milhões em 2023 e expandir para dez lojas, tem representado um caso de sucesso no concorrido mercado de franquias brasileiro.

Fundada há oito anos, a rede foi comprada pela holding Antaris Franchising em 2021. Atualmente, possui quatro lojas abertas em três estados. Entre janeiro e dezembro de 2022, faturou cerca de R$ 12 milhões, valor que deve crescer em 25%, segundo projeções da empresa..

Em entrevista exclusiva ao Achei Minha Franquia, Antônio Augusto, CEO da empresa, compartilhou insights valiosos sobre a estratégia de crescimento e inovação da marca.

Testes e parcerias ajudam no crescimento

Augusto ressalta a importância do equilíbrio entre manter os clássicos e introduzir novidades no cardápio. “É essencial buscar inspiração nos clássicos, mas também investir em novidades que sejam identitárias da marca”, afirma. A recente inclusão de um menu executivo é um exemplo dessa estratégia, ampliando as opções para além do brunch e café da tarde.

A marca também firmou parceria com a Cuor di Crema, o que considera um ponto forte na estratégia de expansão da Boulangerie Carioca. “Esta colaboração beneficia ambas as marcas, ampliando as ofertas no cardápio”, explica Augusto. A expectativa é fortalecer essa união com novas unidades collab, como a planejada para abrir em Santo André, na Grande São Paulo, já no primeiro semestre de 2024.

Questionado sobre como a Boulangerie Carioca planeja se adaptar às tendências futuras do mercado de alimentação e de franquias, o executivo afirma que as mudanças são constantes dentro da rede, sempre em busca das adaptações necessárias.

“Frequentemente, estamos nas principais feiras e eventos do mercado. Sempre visitamos o que deve se tornar tendência nos próximos anos e estamos atentos a isso para trazer à Boulangerie Carioca. Também fazemos um trabalho intenso de prospecção e pesquisa, tudo em vista de manter a marca sintonizada com o futuro”, conta. De acordo com Augusto, clientes que visitaram uma loja da marca há dois anos, provavelmente terá outra experiência e percepção ao voltar hoje em dia. “Os produtos de pâtisserie mudamos drasticamente. Temos linha sem glúten, sem lactose, para veganos. Tudo isso são tendências de mercado que abraçamos. Produtos com menos sódio, menor taxa de gordura. Nossa coxinha reduziu demais o percentual de gordura comparado há algum tempo. O croissant, que antes levava margarina, hoje é feito com manteiga. O cuidado está nos detalhes”, justifica.

O que precisa para ser franqueado

No que diz respeito ao perfil ideal de franqueado, Augusto destaca a importância de habilidades de atendimento ao público e interesse em inovação. A rede oferece suporte abrangente aos franqueados, incluindo materiais de comunicação, treinamentos e consultoria de campo, assegurando um alto padrão de qualidade e consistência em todas as unidades.

Os modelos de investimento da Boulangerie Carioca são adaptáveis e promissores. Com um investimento inicial que varia entre R$ 400 mil para quiosques e R$ 480 mil para lojas, a franquia promete um retorno de investimento em um período de 18 a 36 meses, com um faturamento médio mensal estimado em R$ 130 mil.

Diferenciando-se no mercado competitivo, a Boulangerie Carioca foca em um público de padrão A/B, oferecendo produtos artesanais. “Nosso grande diferencial é o atendimento humanizado”, enfatiza Augusto.

Últimas Notícias